Bits to Brands #136 | Pocket

Este e-mail contém um convite, um conselho e mais de dez referências pra se atualizar.

Previously on..

#134 | O poder dos fandoms

#135 | Influenciadores olímpicos
Tempo de leitura: 4 minutos

Momento de Inspiração

“O primeiro clip-commerce do Brasil”. Assim que a WestWing chamou essa parceria com a Vanessa da Mata. É tanto clipe quanto é comercial, e brilhante nessa mistura. Vale destacar também o quanto as marcas têm mesclado música, propaganda e artistas esse ano. Tivemos Anitta e Magalu, Hering e Emicida e a Claro fez um número musical com Tiago Leifert e Tatá Werneck. Certamente uma das grandes tendências da publicidade em 2021.


Caixa de Perguntas

Um espaço pra opinar mais livremente, falar mais da minha experiência, o que tem por trás da Bits e, claro, como eu posso ajudar por aí. Deixe aqui neste link sua pergunta sobre construção de marca, uma tendência recente, sobre newsletter ou estratégia de conteúdo, que toda semana uma delas será respondida :)

Pode dar dicas para transição de carreira pra o branding? (Estou há 3 anos como executiva de vendas, mas morro de saudade da época de agência. Quero ser brand manager. me inscrevi em um curso da Miami sobre estratégia pra me atualizar. Queria outras dicas)

Você já está seguindo num bom caminho, que é o de buscar cursos e mergulhar no branding. Além do conteúdo em si, indico você buscar escolas que promovam networking, projetos em grupo e troca entre a turma e com os professores e facilitadores.

Nunca fiz uma transição de área, mas tendo a achar que mais do que cadastrar um currículo um pouco fora dos requisitos em um formulário, você deve buscar conhecer pessoas e se colocar à disposição.

Além disso, recomendo buscar dentro das habilidades que desenvolveu na área de vendas aquelas que te destacariam como brand manager, como: argumentação, visão estratégica, alinhamento entre diferentes áreas, gestão de pessoas, projetos e budget… O conhecimento em branding complementando tudo isso pode ser a fórmula ideal que alguma empresa está precisando neste momento :)


Das minhas abas para as suas

  • Um convite. Na quinta-feira dia 12, além de newsletter na caixa de entrada, temos mais um encontro marcado: uma aula sobre Love Brands, onde vamos relacionar os principais conceitos de branding a tendências como construção de comunidade, nostalgia, ritualização, entre outras. Tudo cheio de exemplos.

    Vai ser um momento de atualização e inspiração, e também uma oportunidade de você conhecer a Bits to Brands como sala de aula. Tudo isso GRÁTIS! As vagas são limitadas, então corre pra se inscrever aqui:

    Quero participar da aula grátis!

  • O Dia dos Pais do Mercado Livre. Que, em uma parceria com o Flamengo, conectou Zico a seu pai (já falecido) com a ajuda de uma tecnologia que replicou sua voz com base em um vídeo antigo. A campanha é belíssima, mas o uso massivo (e agora publicitário) de uma IA capaz de “trazer alguém de volta” é extremamente delicado ética e socialmente. Ainda escrevo uma edição sobre isso.

  • Olimpíadas pela TV, e pelo TikTok. O G1 fez um vídeo resumo (legendado!) e uma análise sobre como a rede social tem sido lugar de acompanhar os bastidores e o dia a dia na Vila Olímpica. (Por que choras Mark Zuckerberg…)

  • Workporn. Uma reflexão sobre como a versão “social” das nossas vidas profissionais pode ser uma grande ilusão. A timeline do LinkedIn não me deixa mentir. “Pareço, logo existo. Será que somos transparentes e justos com nossa realidade ou expomos uma fantasia idealizada?”

  • No debate branding versus performance, o branding acabou de ganhar um aliado: Airbnb. Essa matéria fala sobre a estratégia da empresa de focar em seus investimentos de marketing em construção de marca e relações públicas nos próximos tempos. Repleta de fatos e dados, e leitura essencial para todo Brand Manager.

  • O nascer de um fenômeno. Comecei a assistir o documentário de Juliette na Globoplay por curiosidade, mas não demorou para eu ficar presa à narrativa e aos personagens. É muito interessante acompanhar o “making of” dessa figura pública antes, durante e depois do programa. Recomendo especialmente o episódio 5, que mostra a rotina dela logo após sair da casa.

  • Photo dumps. Traduzindo: um monte de fotos postadas de uma vez só. Na prática, são carrosseis de diversas imagens aleatórias e desconexas, que vêm tomando a timeline de celebridades e influenciadoras. Depois de ler esse artigo, é impossível não reparar em várias. A tendência é real e, segundo a Input Mag, é o mais próximo que conseguimos chegar de autenticidade nessa rede social.

  • E por falar em Instagram, tenho movimentado o perfil da Bits to Brands por lá com Stories e vídeos. Nos últimos dias tivemos:


Final notes

Eu fico uma semana sem mandar newsletter e é tanta coisa pra compartilhar, que acaba faltando espaço pra explorar algo em profundidade. Aí chega uma edição como essa, cheia de indicações, além de um convite muito especial.

Essa é a primeira aula grátis que eu faço via Bits to Brands. Espero encontrar vários de vocês por lá, e peço também que compartilhem nos grupos de zap e com amigos que possam se interessar por um refresh rápido, atual e embasado em branding ;)

Vem por aí mais Masterclass também, mas uma novidade de cada vez. Até semana que vem!

-Beatriz

PS: para falar direto comigo, use o botão “responder”, ou escreva para beatriz@bitstobrands.com

obrigada por ler até o final, e não esqueça de compartilhar :)

👩🏻‍💻 curadoria e textos por Beatriz Guarezi. estrategista de marcas, curadora de conteúdo e escritora de e-mails.

📩 essa é uma newsletter semanal sobre tendências de tecnologia e comportamento para marcas. se você aproveitou essa edição e ainda não assina, receba por e-mail:

A Bits to Brands agora oferece também Masterclasses. Aulas online, ao vivo, em que aprendemos juntos sobre temas como curadoria de conteúdo, posicionamento de marca e newsletter. Para ficar sabendo de novas turmas, inscreva-se na lista de interesse:

Quero saber primeiro das Masterclass :)