Bits to Brands #88 | Blackout

Tempo de leitura: 4 minutos


O assunto dessa semana não tinha como ser outro. Protestos explodindo a partir da morte de George Floyd fizeram o mundo todo parar para discutir a desigualdade, o racismo estrutural e a violência policial a que são submetidas diariamente tantas pessoas. Pauta mais do que urgente em um país como o nosso.

Foi quebrado o estado de inércia.

Milhares de pessoas tomaram as ruas. Influenciadores tiveram que se posicionar. Marcas correram pra lançar comunicados, vídeos e posts em redes sociais. Veículos publicaram todo tipo de análise. Muitos tetos de vidro foram expostos.

Das blogueiras milionárias ao Mark Zuckerberg, que virou centro (novamente) do debate "as redes sociais devem vetar mensagens de grandes líderes mundiais que incitam a violência, ou este tipo de poder de veto não deve pertencer a um CEO?".

Isso porque um tweet de Donald Trump sobre os protestos foi "censurado" pelo Twitter - mas o Facebook manteve a mensagem intacta. Teve greve, pronunciamento público e demissões de colaboradores que ficaram ao lado dos ativistas, e consideraram a postura do seu CEO omissa e até conivente.

Estes são os fatos. Um breve resumo deles, na verdade.

De opiniões, hoje, nós vamos nos abster.

Isso porque nos últimos dias, meu exercício tem sido de calar, ouvir, ler, refletir.

Quero estar ao lado do lado certo (spoiler: só existe um), quero aprender e quero apoiar.

Mas não me sinto à vontade de apontar certos ou errados, pontos ou contrapontos, de uma situação que eu nunca vou conseguir compreender completamente.

Assim, gostaria de deixar esse espaço à disposição para pessoas negras que queiram disseminar a sua visão sobre os fatos dos últimos dias.

Se quiserem ficar dentro dos temas pertinentes à Bits (como as marcas vem se posicionando, a postura e papel das redes sociais, cases positivos ou negativos de comunicação), melhor ainda.

Mas qualquer artigo, vídeo, palestra, livro, perfil em rede social.. Qualquer reflexão que você tiver a compartilhar com quem quer entender melhor o que está acontecendo - me responde esse e-mail.

A curadoria e organização dessas informações, e esta plataforma, estão à disposição pra gente continuar esse assunto juntos na semana que vem.

Depois de muita reflexão e troca, achei que a melhor atitude nesse momento é a de compartilhar e amplificar as vozes e pontos de vista de pessoas negras, ao invés dos meus próprios. Pode não ser uma plataforma gigantesca, mas é a que eu tenho a oferecer e o faço com a melhor das intenções.
Sigo disposta a aprender, trocar e melhorar. A caixa de entrada está sempre aberta :)
- Beatriz

(Links que contribuíram para a reflexão dessa semana)

Qual o papel das marcas nesse momento?
Thread da consultoria 6510, que vale ser lida e compartilhada. "O verdadeiro e mais necessário posicionamento que as marcas precisam ter hoje é aquele que rompe com as estruturas que possibilitam a exclusão, a desigualdade e o extermínio de diferentes grupos na nossa sociedade."

O tal teto de vidro
A thread que está expondo influenciadores e celebridades que postaram telas pretas na última terça, mas têm históricos questionáveis.

Comunicação corporativa
A grande conversa nos departamentos de marketing essa semana foi sem dúvidas o "postar ou não postar?". Na busca por referências, esbarrei na Resultados Digitais, que tem um coletivo negro dentro da empresa que produz conteúdo nos canais institucionais o ano todo.

Dois minutos e cinquenta e nove segundos
De uma fala do Emicida que, se for pra clicar em só um link dessa lista, é aquela que você devia assistir.

O último anúncio da Nike
Que, vale pontuar, já tinha se posicionado há quase dois anos, ao colocar o jogador Colin Kaepernick como seu porta voz numa campanha sobre a coragem de se posicionar. A gente inclusive falou disso na (como éramos jovens!).

O Pequeno Manual Antirracista, da Djamila Ribeiro, está à venda na Amazon por quinze reais. Não tem desculpa pra gente não ir atrás de entender.

Comprei ontem, depois de vê-lo recomendado por um amigo, e espero ter mais dicas para essa seção na semana que vem.

para mais dicas:
todos os livros que já passaram pela Bits estão aqui, e a nossa estante coletiva está aqui

como forma de contribuir ativamente para essa comunidade diversa e sempre antenada de mais de 7.000 profissionais, vamos passar a compartilhar vagas abertas por aqui.
se uma pessoa for recolocada graças a essa newsletter, já vai ter valido a pena.


Vagas fresquinhas, que chegaram pouco antes dessa edição fechar. Mais uma startup legal procurando talentos aqui na Bits, a banQi.

Tem vagas abertas para profissionais de produto, tecnologia e UX. E segundo a leitora que enviou, "elas não são arrombadas" - tem pacote de benefícios completo e tá todo mundo em home office.

A banQi foi adquirida recentemente pela Via Varejo, e é aquela fintech com uma proposta super interessante de democratizar soluções financeiras. Ela nasceu em parceria com a Casas Bahia, usando as lojas físicas da rede como agências para as pessoas criarem e movimentarem suas contas.

"Mais que um aplicativo, é uma plataforma de reconhecimento, capacitação e educação, de concessão de crédito e suporte ao consumo".

Eu acho que a gente ainda vai ouvir falar bastante deles, e espero que com informações exclusivas de assinantes que forem trabalhar lá!

Confira todas as vagas e se inscreva aqui: https://apply.workable.com/airfox/
se você tem uma vaga na sua empresa e quer atrair profissionais de marketing, comunicação ou tecnologia de todo o Brasil que estão sempre bem informados, me mande um e-mail em beatriz@bitstobrands.com.

Uma série de 30 entrevistas com 30 pessoas negras, conduzida pelo Murilo Araújo, do canal Muro Pequeno. O projeto #PotênciasNegras foi exibido em novembro de 2019.

Se você, como eu, sente que ainda não tem referências suficiente, são 30 nomes e histórias pra gente conhecer.

Assisti a primeira entrevista da série, com o ator Lázaro Ramos, e é sensacional.

Tem um resumo de todos os episódios, com links para cada entrevista, aqui.

Se alguém te encaminhou essa newsletter e você quer receber direto na caixa de entrada toda semana, clique aqui: