Bits to Brands no RD Summit 2019 | Slides e dicas!

Olá!

Primeiro de tudo, obrigada pela sua presença na minha palestra no último RD Summit, e pelo interesse no material. Foi uma surpresa para mim encher uma tenda daquele tamanho (cabiam 3 mil pessoas!), e uma grande responsabilidade ensinar algo novo para profissionais como vocês. Obrigada! :)

Dito isso, ao final desse e-mail você vai encontrar um botão que vai te levar para os slides que eu apresentei.

Mas durante esse e-mail, quero te deixar também com as principais dicas para aproveitar ao máximo uma newsletter. Se na palestra eu queria convencer você da relevância do formato, aqui quero te deixar com a parte prática. Vamos lá:

1) Tudo começa no momento da conversão
Como você consegue o e-mail de uma pessoa é determinante no tipo de relação que ela vai ter com os e-mails que você envia - consequentemente, na sua taxa de abertura. Comprar listas com milhares de contatos ou forçar a barra com vários pop-ups de "não vá embora sem deixar seu e-mail!!!" são táticas que eu não recomendo quando o assunto é newsletter (ou marketing em geral, mas isso é outro assunto).

Se você deixa clara a sua proposta de valor desde o início, a pessoa assina porque QUER receber aquilo. O que me leva à próxima dica:

2) Tenha uma proposta de valor clara para o seu conteúdo
Por causa da quantidade de spam e e-mail marketing que recebemos diariamente, é normal que haja uma certa desconfiança em dar o seu e-mail para uma empresa. Ao mesmo tempo, a gente gosta de se informar através de especialistas. Assim, a sua newsletter é o melhor ambiente possível para você produzir conteúdo como especialista em um assunto.

Deixe claro que assunto é esse, e o que a pessoa vai receber. Vá mais para o lado do "essa é uma newsletter sobre o assunto X, onde você vai receber a cada X dias artigos/referências/links para te ajudar de um jeito Y" - e menos para o "assine a newsletter da agência XPTO".

3) Compartilhe conteúdo, e não só CTAs
É comum aliar estratégias de SEO e e-mail, em que você produz conteúdos num blog e usa o e-mail para levar a sua audiência até esse artigo. E ótimo! Quem assina a sua newsletter se interessa pelo que você produz e tende, sim, a acessar esses artigos. Mas a newsletter deve também ser valiosa por si só, sem que a pessoa tenha que ir a qualquer site.

Então, deixe ao menos uma prévia do conteúdo que você está divulgando. E melhor ainda se você puder compartilhar coisas que tem a ver com a sua proposta de valor - mesmo que não tenham sido produzidas pela sua empresa. A newsletter é também sobre curadoria, e é muito valioso para as pessoas ter alguém que filtre por elas o que existe de interessante na internet.

Aqui vale tudo: séries, filmes, documentários, livros, pesquisas, artigos, eventos.. A partir da minha experiência, esse tipo de coisa ajuda muito a humanizar a relação. E eu sempre coloco na última seção da newsletter, o que é um ótimo incentivo para que ela seja lida até o fim ;)

4) Seja consistente
Em tudo que puder. Na frequência, no tema, na quantidade e qualidade do conteúdo. Esse é um dos grandes diferenciais da newsletter em relação a outras plataformas - você consegue GARANTIR frequência e entrega. Isso gera expectativa nas pessoas, de que naquele dia X, naquele horário, elas vão receber conteúdo valioso por e-mail. Então, aproveite isso!

A não ser que a sua newsletter trate de vários assuntos diferentes (e as pessoas saibam disso ao assinar), mantenha sua temática central, trazendo sempre novidades em relação àquilo.

Por aqui, dividir a edição em seções pré-definidas colabora muito com essa sensação de estar recebendo um conteúdo COMPLETO toda semana.

Confira nos slides a minha divisão, e o restante das dicas que eu compartilhei no palco do RD.

Espero ter ajudado a sua marca a se aproximar das pessoas, através dessa plataforma que tem transformado a minha vida profissional, e que é TÃO adequada para construir relações mais próximas e autênticas.

Amanhã você também irá receber a edição da Bits to Brands dessa semana, que eu espero que sirva não só como benchmark de newsletter, mas como conteúdo que te inspire e faça refletir.

Para dúvidas, contatos, jobs (manda jobs!) e comentários, é só apertar "reply" que eu recebo e respondo tudo :) Obrigada novamente. Foi um prazer!
- Beatriz

~ fique à vontade para compartilhar esse conteúdo com os colegas ~

mas se possível, ENCAMINHE ESSE E-MAIL
assim mais gente recebe não só essas dicas, mas também pode usar o botão abaixo e assinar a Bits to Brands para receber conteúdo de qualidade toda semana :) ♡

aliás, se alguém te encaminhou esse e-mail e você quer receber a Bits to Brands, clique aqui para saber mais e assinar: