Bits to Brands #62 | Branding: por onde começar?

A gente fala de muitos assuntos, eu sei. De entregadores de aplicativos a saúde mental, passando por Alexa, as últimas do Zuckerberg e muitas tendências.

Mas, se você está aqui, é porque se interessa por branding de alguma forma. E, vale comentar, se esses assuntos aparecem aqui é porque eles pertencem ao universo das marcas de alguma forma.

Branding é a minha raiz. É por onde eu comecei, láá em 2013, escrevendo meu TCC na faculdade de administração. E é a lente com a qual eu enxergo tudo, inclusive tecnologia, até hoje.

Desde que comecei a produzir conteúdo, tenho reparado na buzzword que é "branding". Branding pessoal. Branding digital. Branding para Instagram. Branding para startups. Branding com performance. Branding e coaching no mesmo pacote.

Você pensou e jogou no Google, tem algum especialista querendo te vender e-book.

E eu não questiono nem os especialistas e nem os e-books, porque na internet tem pra todo mundo e cada um sabe de si. MAS - e com muita ênfase:

Conteúdo instagramável, rápido e feito para o digital não deve substituir estudo e metodologia numa área como o branding.

Construção de marca é um trabalho contínuo, estratégico e determinante para toda empresa. É essencial que a pessoa responsável por isso esteja sempre se atualizando e tenha um repertório de referências e métodos na manga.

E por mais que o Instagram e essa newsletter que vos fala sejam fontes de atualização dinâmica e constante, a minha maior dica para qualquer um que esteja começando ou buscando se desenvolver em branding é: estude.

Eu tenho muita sorte de a minha experiência ter começado pelos livros. David Aaker, Philip Kotler, Kevin Keller, Seth Godin, Martin Lindstrom.. São todos nomes com os quais me familiarizei desde o início, e consultas frequentes até hoje.

Além da teoria, tem a metodologia. E aqui é que fica bem legal, porque cada consultor e professor tem a sua. Existe uma linha mestra, sim, que começa num diagnóstico e termina num universo visual e verbal, mas o que acontece entre um e outro ganha várias nuances conforme quem estiver ensinando.

Propósito, arquétipo, portfólio, posicionamento, manifesto, arquitetura, atributos, personalidade, golden circle.. São todas ferramentas de construção usadas de maneiras e em ocasiões diferentes. E entender um pouco de cada é o que faz um profissional completo.

Por isso, a dica de hoje para quem se interessa por branding é: o conteúdo simplificado é ótimo, mas deve ser complemento. Busque o complexo - os livros, os métodos, os cursos. São eles que vão construir de fato o seu repertório.

Para quem quiser começar AGORA MESMO: a Rock University, plataforma de educação da Rock Content, está lançando hoje um curso de Branding. E os assinantes da Bits tem 25% de desconto para começar já a estudar!

O curso é 100% online e tem a duração total de 2h30. Apesar de curto, ele não é nada simples. Além de um overview completo, tem módulos como "Arquitetura de Marcas e "Métricas de branding", que são assuntos tão relevantes quanto difíceis de encontrar por aí!

As aulas com conteúdo claro e exemplos atuais são ideais para quem está começando, e as leituras complementares são ótimas para quem já é da área mas está em busca de novas referências.

Last but not least, todos que se inscreverem com o cupom, além do desconto, vão receber um material exclusivo com base no curso. Referências extras, comentários, dicas para a prova e tudo que surgir conforme eu assisto a essas aulas também :)

Bora estudar juntos? Saiba tudo sobre o curso AQUI, e use o código BITSTOBRANDS25 na hora de se inscrever.

A primeira edição co-branded da Bits tinha que ser com uma das minhas empresas favoritas. É um orgulho enorme poder contar com a Rock como parceira, e espero que vocês aproveitem.
- Beatriz

PS: Quero poder trazer mais marcas legais para esse espaço, de um jeito legal e sem prejudicar o conteúdo. Então, se você tiver alguma sugestão ou feedback a partir dessa primeira experiência, é só responder esse e-mail.

~ sim, agora temos PARCEIROS! ~

de preferência aqueles que trazem benefícios para vocês
e que tem tudo a ver com a proposta da news
e que permitem que a gente mantenha o padrão do conteúdo.
compartilhe esse descontão com um amigo
e pode chamar aqui pra gente fazer algo legal pra sua marca também

ÚLTIMA CHAMADA!
Neste sábado estarei no Shift Festival, em Joinville, junto com Rodrigo Ghedin, Juzão (do Twitter), Lídia Zuin e mais um monte de gente interessante e inteligente, pra falar sobre criatividade e inovação. Minha palestra será às 13:30, para dividir de onde vem e para onde vai a construção de marca. Ainda tem ingressos, e 20% de desconto com o cupom BITSTOBRANDS :)

No more we, only me
Only Adam, no caso. Depois de semanas de especulação sobre o valuation, a viabilidade e até a possível falência da WeWork, temos um desfecho: inicialmente avaliada em 47 bilhões, a empresa foi "resgatada" pela Softbank por 8 bilhões. Os cortes em pessoal, estrutura e o futuro da WeWork ainda são incertos. O que é fato: o ex-CEO Adam Neumann saiu dessa história bilionário. Elevar a consciência do mundo, eles disseram. ¯\_(ツ)_/¯

(Ainda nesse assunto)
Alguém fez uma thread com os principais momentos dessa novela, ilustrando cada um deles com GIFs de The Office. Com Michael Scott no papel de Adam Neumann, como não podia deixar de ser.

As 100 marcas mais valiosas do mundo em 2019
Mais uma edição do aguardado ranking da Interbrand. Para surpresa de nenhum de nós (afinal, é por isso que estamos aqui): as maiores empresas de tecnologia do mundo seguem as marcas mais valiosas do mundo. Esse ano o ranking completa 20 anos, e uma das coisas mais legais que eu vi essa semana foi a evolução do ranking desde o início até aqui.

"Devo separar growth marketing de branding?" É somente uma das perguntas interessantes que profissionais de marketing da Sallve, Neon, Pinterest e Facebook responderam em um evento da Canary. Todos os aprendizados do bate papo estão nesse artigo cheio de insights.

Ao invés de somente um livro, dessa vez vamos evoluir um pouco no tema da news.
Como já citados acima, alguns autores fizeram muita diferença no meu desenvolvimento. Vale ressaltar que a maioria desses livros já tem alguns anos - o que requer contextualização para a realidade de hoje. Mas mesmo conforme os anos passam, a sua capacidade de ensinar os conceitos "raiz" permanece. São eles:

Martin Lindstrom. Recomendo Brand Sense, Brandwashed e A Lógica do Consumo.

Seth Godin. Recomendo Isso é Marketing, seu último lançamento, e também a sua newsletter diária com pílulas sobre marketing e consumo.

David Aaker. Recomendo seu livro mais recente, que acaba servindo como um grande resumo de toda a sua teoria, Aaker on Branding

Em 2016, eu assumi um desafio em marketing de conteúdo e cheguei nessa área completamente perdida. Tinha que estar planejando títulos, SEO, geração de leads, trilhas de conteúdo, sem nunca antes ter visto nada disso.

Quem me salvou na época foi a Rock Content. Não só com a certificação que eu fiz, mas com a capacidade de esclarecer cada um desses itens com os seus artigos sempre completos.

Hoje o conteúdo faz parte do meu currículo e foi dessa fase também que nasceu a Bits. Por isso, é um prazer divulgar a plataforma de cursos online da Rock, a Rock University.

Além do curso de Branding do qual falamos hoje e do curso de Marketing de Conteúdo que eu já fiz, tem diversos temas que vão de marketing a relacionamento com clientes - e cursos gratuitos!

Agora eles estão com trilhas de aprendizagem - que são pacotes com diversos cursos conforme o seu objetivo. O curso de branding, por exemplo, compõe a trilha "Encantando o cliente", ou você pode se especializar em redes sociais na trilha "Engajando a audiência".

Tudo isso TAMBÉM com 25% de desconto usando o cupom BITSTOBRANDS25.

É pra chegar em 2020 MUITO preparado. Aproveitem! :)

Se alguém te encaminhou essa newsletter e você quer receber direto na caixa de entrada toda semana, clique aqui: